O CTG Guapos do Agronomia, de Passo Fundo, integra o bloco 5 das apresentações das Danças Tradicionais Força A do Enart, que acontece de 16 a 18 de novembro em Santa Cruz do Sul. Confira o contexto de sua apresentação e detalhes sobre as coreografias de entrada e saída:

O grupo de Tradições Folclóricas Guapos da Agronomia traz ao palco do Enart o relato divino dos festejos da quermesse de São Miguel, ocorrido em 1871 no interior da Querência de Passo Fundo, onde Generoso e Isaías, escravos pertencentes a Bernardo Castanho da Rocha, no regresso da Guerra do Paraguai, encontraram e acolheram a imagem de São Miguel.
Ao chegarem no destino de casa, feridos e inválidos, receberam a missão da construção da Paróquia de São Miguel, em homenagem ao Arcanjo e a todos os devotos daqueles que nele deposita sua fé. Após 147 anos dos festejos da quermesse de São Miguel Arcanjo, o GTF Guapos da Agronomia reverencia a bravura e a fé dos protagonistas dessa história, assim enaltecendo nosso Príncipe dos Anjos, São Miguel Arcanjo.

Revivendo os antepassados, o GTF Guapos da Agronomia conta a história de uma das mais antigas romarias e quermesses do estado do Rio Grande do Sul, a quermesse de São Miguel Arcanjo. A festa é destaque pela alegria e tradição da caminhada de cerca de cinco quilômetros entre a Paróquia São Vicente de Paulo, até a capela de São Miguel, na localidade de Pinheiro Torto.

Hoje, reformada e tombada como patrimônio cultural, a capela é o foco da fé. “A devoção ao arcanjo é fundamentada no antigo e novo testamento quando se fala que Deus enviará anjos para cuidar de cada um dos seus pequeninos e, principalmente, dos mais necessitados. Na época em que a imagem foi encontrada, os necessitados eram os escravos e, hoje, há tantas outras pessoas que precisam de força fundamentada na fé”. Ainda, a Romaria, é um símbolo de devoção. “Neste dia, pessoas comparecem mesmo com chuva ou com sol forte. Fazendo sua caminhada, seus pedidos, suas promessas.”

Entrada: O grupo irá apresentar uma coreografia com a música de Arcanjo São Miguel de Jorge Marino, onde acontecem os festejos da quermesse de são Miguel Arcanjo que ocorre após a romaria, geralmente no dia 29 de setembro de cada ano. Durante a coreografia estarão representando a romaria, a igreja, a festa do churrasco que acontece durante o dia todo.

Saída: Durante a saída o grupo apresenta uma coreografia com a música “Defendei-nos No Combate”, a devoção a São Miguel Arcanjo, trazendo ao palco toda a fé que nele depositamos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: