Lenços: podem ser das cores vermelho, branco, azul, verde, amarelo e carijó

Conforme o regulamento do Entrevero Cultural de Peões do Estado do Rio Grande do Sul, a indumentária gaúcha, além fazer parte do conteúdo programático para prova escrita, é quesito avaliativo em toda sua participação, podendo acarretar até 0,5 (meio) ponto de desconto na nota final. A pilcha dos concorrentes deve estar de acordo com as diretrizes do Movimento Tradicionalista Gaúcho, podendo diversificar conforme as provas, mas respeitando principalmente a regionalidade e as características de cada concorrente.

Lembretes importantes:

Os lenços podem ser das cores vermelho, branco, azul, verde, amarelo e carijó (nas cores citadas e ainda, marrom e cinza) e independente do nó escolhido o tamanho deve ser 25 centímetros a partir deste.

A faixa é de uso opcional, mas quando usada deve ter de largura de 10 a 12 centímetros e as cores de forma lisa, vermelha ou preta se for de lã; e bege cru, se for de algodão.

O chapéu deve ser de feltro ou pelo de lebre com abas a partir de 6 centímetros, sendo a copa de acordo com as características regionais e o barbicacho de couro ou crina, podendo ter algum enfeite de metal e/ou fivela para regulagem.

O uso da faca nas provas campeiras é de uso opcional para todas as categorias, mas é vedado para concorrentes menores de 15 anos. Quando usado, deverá ter de 15 a 30 cm de lâmina.

O par – a acompanhante também será avaliado quanto ao uso correto da indumentária.

• Observar da mesma forma a pilcha na participação em eventos, da vivência tradicionalista e pesquisa, pois será analisada na ficha-relatório.

Uma das principais finalidades do Entrevero de Peões é criar condições para a valorização crescente das atividades relacionadas com as lides campeiras visando a sua preservação como fato tradicional. Desta forma, a picha gaúcha é de umas de nossas principais particularidades. É nosso dever mantê-las e conservá-las com a simplicidade e autenticidade de nossos campeiros.

Por Marco Antônio Souza Saldanha Júnior, integrante da Equipe Técnica de Indumentária

Deixe uma resposta

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: