A Escola Municipal de Ensino Fundamental Marcílio Dias está situada na localidade de Alto Alegre, interior do município de Tenente Portela. É uma escola do campo como outras: atende alunos de famílias de agricultores, indígenas, bairros e centro da cidade. Mas tem um diferencial: esta diversidade na demanda pelo ensino da escola é resultado da ampla gama de oficinas oferecidas em várias áreas do conhecimento no turno integral, dentre as quais destaca-se a de Invernada Artística.

A oficina surgiu após uma atividade escolar, na Semana Farroupilha no ano de 2012, quando os alunos participaram algumas horas do Acampamento Farroupilha na Praça Municipal e se encantaram pela cultura gaúcha de tal forma que os professores passaram a intensificar ainda mais as atividades voltadas aos costumes tradicionalistas. Segundo os professores, a participação da comunidade local no CTG existente no município ficaria prejudicada, porém, para contribuir, a escola passou a ofertar a oficina sobre as culturas e tradições gaúchas, e por decisão dos alunos, juntamente com os pais, foi criada a Invernada “Abrindo Fronteiras”, que existe há cinco anos e atualmente possui 73 integrantes. O lema é “Não é uma simples paixão, mas já se tornou filosofia de vida”.

Atualmente um dos maiores atrativos da escola é a Invernada Artística, na qual as famílias são parceiras. A manutenção de custos com as vestimentas, professores, deslocamentos e refeições é disponibilizada pelo CPM (Círculo de Pais e Mestres) em parceria com a SMECD (Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto), permitindo, assim, que o aluno de qualquer classe econômica possa participar, sem distinção.

Nas apresentações, além das músicas tradicionais, se faz referência à história local, como homenagem ao município na diversidade racial e cultural, em que os educandos expressam o gosto pela tradição de maneira mais intensa através da dança, mas também realizam outras atividades, como poesias, onde são gravadas e no mês de setembro e divulgadas pelos meios de comunicação, oportunizando situações que despertem nos alunos características de respeito e postura no meio em que vivem.

A cultura gaúcha tornou-se essência da vivência escolar na Marcílio Dias, afirmam os professores. O sentimento de amor é enaltecido nas apresentações, não por ser apenas uma dança, mas sim por auxiliar no desenvolvimento do educando quanto à superação do que lhe é proposto como desafio, melhorando assim sua autoestima, pois para muitos destes alunos, ao usar as vestimentas tradicionalistas do grupo da escola, é como obter um passaporte de igualdade na sociedade e assim tornar-se parte dela, garante a comunidade escolar.

Texto: Sandra Veroneze

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: