A 49ª Ciranda Cultural de Prendas, realizada em Lajeado, na 24ª Região Tradicionalista, nos dias 15 a 17 de maio, foi um dos maiores eventos do calendário do Movimento Tradicionalista Gaúcho em 2019.

A avaliação é do presidente do MTG, Nairo Callegaro, que destaca a grande participação das Regiões Tradicionalistas. Das 30 do Rio Grande do Sul, 29 enviaram representantes, que concorreram nas categorias Adulta, Juvenil e Mirim. Para o presidente, este número é expressivo e reflete o trabalho abnegado realizado pelos departamentos cultural e jovem das entidades tradicionalistas.

Segundo Callegaro, há de se destacar e valorizar o apoio significativo da Univates, que sediou a solenidade de instalação do evento e também a mostra cultural e as apresentações artísticas. “Quando uma instituição deste porte, voltada para a educação, compreende a grandeza e dá seu apoio a um evento como a Ciranda, há muito que se comemorar”, avalia.
Callegaro também tece elogios ao CTG Tropilha Farrapa, que sediou a despedida das prendas da gestão 2018 / 2019 e também o clube Tiro e Caça, que foi palco do baile em que ficaram conhecidas as prendas da Gestão 2019 / 2020.

Para o presidente do MTG, também é digno de aplauso o trabalho das comissões avaliadoras, que fizeram um ótimo trabalho, e de logística do evento, sem que tenha se registrado atraso nas atividades. “Eu parabenizo a participação das Regiões Tradicionalistas, na pessoa dos coordenadores regionais”, afirma.

A coordenadora da 24ª Região Tradicionalista, Luce Carmen da Rosa Mayer, também avalia o evento como muito positivo. “Nos esforçamos ao máximo para que tudo ocorresse dentro do planejado e, com muito êxito, nosso planejamento deu certo”. O evento, segundo ela, superou as expectativas em relação a público, organização e receptividade. “Aproveito a oportunidade para agradecer a parceria da Prefeitura de Lajeado, os patrocinadores e apoiadores, a Universidade do Vale do Taquari e aos voluntários deste evento. Juntos procuramos bem acolher e recepcionar todos para que se sentissem em casa. Agradeço a confiança do Presidente Nairo, dos conselheiros, dos coordenadores regionais, das 73 prendas participantes, seus familiares e suas entidades”. O sentimento, segundo ela, é de dever cumprido.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: