Oficina de cenografia qualifica a estética dos espetáculos e estimula processos criativos

De Caxias do Sul, Roberta Tiburri Arquitetura Efêmera está oferecendo, pelo Programa Invernadas Culturais, a “Oficina de Cenografia”. O projeto apresenta aos participantes ferramentas sobre o fazer cenográfico e a relação entre este e os demais elementos da cena. O foco está na cenografia para espetáculos de dança e música, principais manifestações de artes cênicas da cultura tradicionalista gaúcha.
O público-alvo são escolas e entidades interessadas em criar um espetáculo de dança ou música e demais interessados em conhecer o universo da cenografia. O projeto é relevante para qualificar a estética dos espetáculos e estimular os processos criativos, valorizando a criação artística, afirma Roberta. Também é importante para sensibilizar os participantes para uma área de atuação dentro das artes visuais que abre possibilidades de formação e capacitação em artes cênicas.
Segundo Roberta, a pesquisa, etapa importante do processo de cenografia, também contribui para o conhecimento da história do RS e sua difusão através das artes. O projeto agrega à sociedade conhecimento histórico transformado em arte.
A oficina oferece ferramentas aos participantes para a compreensão do espaço cênico e desenvolvimento de habilidades para a criação de um conceito de cenografia para espetáculos de música e dança. Alguns temas abordados são o espaço cênico e suas múltiplas possibilidades; a função do cenógrafo e da equipe de cenografia; habilidades para criação do conceito de um cenário; e relações entre história, atuação, cenografia, figurino e iluminação.

A oficina pode ser acessada no link https://youtu.be/XCZp8w-Y3x0

O Programa Invernadas Culturais é desenvolvido pela Fundação Cultural Gaúcha em parceria com a Secretaria Estadual de Cultura.